Fisioterapia as Alterações Cardiovasculares e Metabólicas


>




http://www.espacoergo.com.br/wp-content/uploads/2013/01/fisioterapia-cardiaca.jpg

A fisioterapia nas alterações cardiovasculares e metabólicas é um programa de exercícios planejados para atender aos indivíduos acometidos ou predispostos à doença cardiovascular.

O programa de reabilitação cardíaca é dividido em 4 fases:

Fase I
Aplica-se ao paciente internado.

Fase II
Inicia-se imediatamente após a alta ou alguns dias após o evento cardiovascular ou descompensação clínica. A duração prevista desta fase é de 3 a 6 meses.

Fase III
Destina-se a atender imediatamente os pacientes liberados da fase II, pacientes de baixo risco cardiovascular ou portadores de fatores de risco que não participaram da fase II. A duração prevista é de 6 a 24 meses.

Fase IV
É um programa de longo prazo, sendo que a supervisão e monitorização tornam-se menos rigorosas.

Indicações

  • Pós-infarto do miocárdio (recomendação grau A, evidência de nível 1)
  • Pós-cirurgia de revascularização miocárdico
  • Pós-angioplastia coronária
  • Angina estável
  • Insuficiência cardíaca compensada (recomendação grau A, evidência de nível)
  • Arritmias controladas
  • Cardioversor-desfibrilador implantado
  • Pós-troca valvar
  • Cardiomiopatia
  • Transplante cardíaco
  • Diabetes melito (recomend. de grau A-B, evidência de nível 2-3)
  • Hipertensão arterial (recomend. grauA, evidência de nível 1)
  • Doença vascular periférica (recomend. de grau A-B, evidência de nível 2-3)

Reabilitação Pulmonar

A Reabilitação Pulmonar tem sido definida como um serviço direcionado a pacientes com doenças pulmonares crônicas e seus familiares, delineado para otimizar o desempenho físico, social e a autonomia.

Os objetivos da Reabilitação Pulmonar são:

  • Proporcionar ao paciente a possibilidade de interagir com o meio ambiente dentro de sua nova realidade
  • Aumentar a tolerância (capacidade) ao exercício
  • Melhorar a habilidade de realizar atividades de vida diária
  • Diminuir os sintomas respiratórios
  • Instruir o paciente e sua família sobre a doença e as limitações que esta causa
  • Fornecer orientações gerais
  • Possibilitar uma maior integração e uma melhor qualidade de vida. Diminuir a freqüência das internações hospitalares
Alcançando esses objetivos, será possível promover a prevenção da progressão da doença e prevenção das complicações.

A partir do momento em que o paciente tem a indicação do seu médico para a realização da Reabilitação Pulmonar, ele então passará por uma avaliação fisioterapêutica para que seja traçado um plano de tratamento adequado para cada indivíduo.

A Reabilitação baseia-se em exercícios físicos, treinamento da musculatura respiratória e conseqüente melhora da capacidade cárdio-pulmonar, além da realização de técnicas de fisioterapia respiratória, e de um programa educacional (paciente-família), em que todos aprendem sobre a patologia e a influência da Reabilitação Pulmonar na Qualidade de Vida.



Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia

Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment